Preconceito e sociedade

E lá vamos nós, 7:20 hs da manhã, o telefone toca, e …
– Vamos treinar?
– Vou dormir mais um pouco, eu disse. E então, o despertador toca, 9:17 hs, é hora de levantar.

Andando para o parque, percebo, como lotado esta. Não tinha nem lugar pra ficar, estava tudo realmente lotado.
Fomos para o outro lado da quadra, onde havia espaço e sombra. Alongamos, e aquecemos. Mas um grande soco de pensamentos levei na cabeça, e então refleti.

Estamos aqui no meio de muita gente, sendo essas pessoas de classe média e baixa, brancos e negros,altos e baixos,gordos e magros. Essas diferenças sempre vão existir, e isso é bom, o problema é não entendermos a diferença e encara-la como algo negativo.
Uma diferença,que por mais que muitos não se importem, é a diferença do sexo. Homens e mulheres, muitas vezes não se misturam, não aceitam, se privatizam em comunidades fechadas. O que eu quero dizer com isso? Vou lhe dar um exemplo :
Garotas não jogam bem vídeo-game, algumas que mostram interesse, são até bem vistas, mas não são consideradas boas, e quando são, mesmo assim são excluídas. Não são vistas como jogadoras, são vistas como meninas.
Um rapaz não participa de conversa de mulheres ( talvez se for gay),mas se for o caso, ele estaria sendo visto como uma mulher (mais ou menos isso rs) , não exatamente como homem. É como não se encaixasse, mas não tentam, e se tentam, existem as criticas, e preconceito.
Esses foram exemplos de sexo apenas, imagina o grupinho das magras altas, ou das baixinhas?
O problema não é você ser diferente de alguém, o problema é você não ser aceito ou não aceitar a diferença, sem preconceito.
Alem dos preconceitos mais comuns, como homofobia, e racismo, existem preconceitos que não são vistos, e são tão dolorosos quanto quanto os mais ditos, como : Idade,peso,altura,cabelos,região,religião. Imagina o quanto uma freira sofre com pessoas que “odeiam” o catolicismo, existe o preconceito, ou o mais comum, mulheres muçulmanas,nordestinos,pessoas baixas demais ou altas demais. Sabe o quanto essas pessoas sofrem por preconceito? Muito! E ja presenciei muitos casos assim, é horrível!
Fora preconceitos mais “leves” , como gostos ( por exemplo: musicais), mas consigo entender que por alguém não ter algo em comum, você prefere não se envolver, mas por não dar a chance da pessoa mostrar quem ela é, isso não é nada bom, e é preconceituoso.
Como disse, as diferenças existem, e elas são ótimas, pois seria tedioso pessoas parecidas conosco, não teria nada novo e diferente, nada que se possa aprender, ou desenvolver. As pessoas deveriam abrir mais suas mentes , e  deixar-se conhecer novas pessoas, novas culturas, analisar antes de criar um conceito. Com certeza, as pessoas seriam mais felizes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s