Experiências: Crise de loucura

Pela primeira vez, estou pensando diferente.
– Você esta amadurecendo!
Não! me refiro aos pensamentos, o raciocínio! Não são ideias mais maduras, mas a interpretação das idéias, a visão. Parece que colocaram duas paredes no meu cérebro, não estou conseguindo ir alem. Isso é muito estranho, trocaram o meu cérebro e não gosto dele!
Pode ser só uma crise, ou, algo aconteceu e deu muito errado.
Não sei como estou desenvolvendo este post, não sei nem que direção seguir, está muito complicado.
O que raios esta acontecendo comigo?

Antes disso ter acontecido, eu tive uma noite de sono, e então um sonho.
” Meu bem, em um lugar que um dia trabalhei, hoje estou em casa, mas você esta aqui comigo, por que esta trabalhando comigo?Não importa, brinque comigo.
Cai em águas profundas, estava derramada em uma praia,com realização levantei, e abri os braços para um novo mundo. Você me encontrou, com raiva,mas logo me acolheu.
Estava tão feliz, mas de repetente virei um avião, minhas asas cairão, mas não deixei que ninguém morre-se,suas vidas são importantes. Soldados de metal me capturaram, vão roubar minha mente e experimenta-la.
Com um vento espalhado, voltei á 7 anos atras. Corra meu amor, esconda-me comigo nas salas dessa escola,corra, pule os muros, não podem nos ver! Corra para as ruas,todos os quarterões são perigosos.
Abri os olhos, e estava eu, deitada na minha cama de casal, na sala. Quem organizou isso? Em que ano estou? 2001? Cade o sofá?
Tudo escureceu, e dormi dentro de mais um sonho. O exercito de Fred Gruguer estava lá, avisei ao soldado alemão que seria fácil entrar pela França, mas Fred faria algo. Quando vi bem, eu era o Fred,meus soldados me salvaram, queriam me matar, mas não conseguiram. A neve me

cobriu, e acordei no corredor branco da minha casa. O dia estava claro, mas ainda havia algo errado, um pássaro estava me olhando, e a cada pisque, ele ficava mais perto,era um corvo adoecido. Desesperadamente, corri e me joguei da laje mais alta,me joguei de costas, sem medo. Descobri que podia voar..
Dentro de casa voei, e avisei a todos, que poderíamos voar, era tudo um sonho. “

Depois de tudo, me senti morta. Os pés não formigavam mais. Por dias fui alimentada,pois nem isso tive forças para fazer. Adormecia a cada instante todos os dias. Quando acordada, sentia um vazio de morte dentro de mim, sem emoções, sem desejos, sem esperança.

Após dias de recuperação em casa,sinto que algo mudou. Estou vendo tudo de uma forma diferente, até tentei pensar como antes, mas não consigo. Tantas fantasias sonhei, acho que foram memorias perdidas e fundidas. A realidade disso? Tudo esta muito vazio para dizer,mas acredito que vou vencer, e essa crise ira passar, como sempre venci. Não temerei a dor,quero correr e assim aproveitar. O tempo foi perdido, mas será recuperado com as novas emoções.

Inshallah ^^

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s